Brasília, 19/10/2012 - Os defensores federais Samuel Dias Abreu e Dionísio Borges de Oliveira Junior passam a integrar a Comissão Estadual de Erradicação dos Acidentes com Escalpelamento em Embarcações no Estado do Amapá. Os indicados compõem a chefia da Defensoria Pública da União no estado. Samuel Abreu foi designado para atuar como membro titular e Dionísio Borges Junior como suplente.

A nomeação consta da Portaria 620/12, divulgada no Diário Oficial da União dessa quarta-feira (17).

Escalpelamento

O escalpelamento acontece quando as vítimas, acidentalmente, prendem o cabelo ao eixo do motor de uma embarcação em movimento. Muitas vezes perdem todo o cabelo, além da orelha e parte do couro cabeludo. Os fios compridos facilitam a ocorrência do problema, o que faz das mulheres as principais afetadas.

Desde 2005 a DPU presta assistência às vítimas, além de atuar na prevenção dos acidentes e na conscientização da população.

Leia mais
Fim de motores que causam escalpelamento é tema de reunião
Dia de combate e prevenção ao escalpelamento é comemorado com avanços

Assessoria de Imprensa
Defensoria Pública da União